Nossa Senhora do Trabalho

PADROEIROS

 

Nossa Senhora

DO TRABALHO

Em 1894, na França, Nossa Senhora era venerada como Nossa Senhora dos Campos por alguns, e por outros como Nossa Senhora da Oficina, e passou a se chamar, a partir do congresso de Amiens, de “Notre Dame du Travail” (Nossa Senhora do Trabalho). 

Inspirado por São Luís Guanella, a devoção chegou à Itália, na planície de Nova Olônio no ano de 1900, onde o santo iniciou uma obra fortalecida pela caridade do Senhor, que somente a sua férrea tenacidade podia enfrentar. Com a colaboração de seus primeiros cooperadores, fundou uma colônia agrícola com o objetivo de abrigar aos pobres portadores de deficiência.

São Luís Guanella utilizou a devoção à Nossa Senhora do Trabalho dando mais fé para a vida e mais vida para a fé. Ele nos chama a traduzir nossas ações em gestos concretos da criação de Deus e a nos santificarmos pelo trabalho. O que se sabe é que Pe. Guanella queria que os trabalhadores, quando olhassem para aquela imagem, pudessem sentir-se protegidos por aquela Mãe tão terna e atenciosa.

No Brasil, a devoção a Nossa Senhora do Trabalho chegou por meio dos Irmãos e Padres Servos da Caridade, em 1947, inicialmente em Santa Maria, RS; contudo, é em Porto Alegre, que a devoção ganha concretude por meio da Paróquia Santuário Nossa Senhora do Trabalho.

O dia 1º de maio, quando celebramos o dia do trabalhador, é também o dia de Nossa Senhora do Trabalho, quando a comunidade celebra sua festa, que faz parte do calendário municipal de Porto Alegre.

Que a Virgem Maria, Mãe de Deus, Mãe da Igreja e venerada com o título de Nossa Senhora do Trabalho, interceda e proteja às famílias e a todos os trabalhadores.

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO TRABALHO

Salve Virgem Maria, nossa querida mãe e padroeira. Como filhos, nos dirigimos a Vós com toda a confiança, implorando a Vossa bênção, de modo especial pelos nossos trabalhadores, por todos aqueles que labutam no dia-a-dia para conseguir o sustento da própria família. Concedei-nos, nós Vos pedimos, que este labor seja dignificante, de modo a favorecer vossos filhos.

Que haja muita consciência da nobreza do trabalho e que nenhum de nossos irmãos seja explorado. Abençoai, ó Virgem do trabalho, nossa sociedade, nossas famílias e a cada um de nós.

 

Que saibamos sempre honrar-vos neste Vosso Santuário como filhos devotos e obedientes. Intercedei, junto ao Vosso Filho Jesus, concedendo-nos autênticas vocações sacerdotais e religiosas e a perseverança final.

 

Assim seja.

ORAÇÃO DO DESEMPREGADO

Ó mãe amável. Nossa Senhora do Trabalho! Prostrado aos vossos pés, suplico-vos, humildemente, olhai com bondade para este vosso servo desempregado. Minha situação é muito difícil. Não sei mais a quem recorrer. Por isso, estou em busca de uma luz. Sei que posso encontrá-la batendo à porta do vosso coração.

 

Quem recorre à vós não fica de mãos vazias, desprotegido, pois sinto que encontro segurança em vossas mãos sob o vosso olhar de ternura e abrigado por vosso manto protetor. Aceitai portanto meu apelo concedendo-me a graça de um emprego. Prometo-vos que o meu coração estará sempre aberto àqueles que precisarem de minha ajuda. Muito obrigado ó mãe do Divino Trabalhador por ouvirdes minha oração.

Amém.

* Rezar um Pai Nosso e uma Ave Maria.

SÃO LUIS GUANELLA

São Luis Guanella nasceu em Fraciscio de Campodolcino, um pequeno vilarejo na Província de Sondrio, Itália, no dia 19 de dezembro de 1842. Aos doze anos, entrou no seminário e foi ordenado sacerdote em 1866. 

 

De 1875 a 1878, Guanella ajudou São João Bosco no cuidado das crianças de rua. Pouco depois, iniciou um programa pioneiro lidando com a reabilitação de meninos e meninas abandonados e rejeitados pela sociedade por causa de suas deficiências físicas e mentais. A visão de São Guanella neste assunto não era baseada em visões teóricas sofisticadas, mas tratada em termos de "ação". Ninguém poderia detê-lo neste esforço. Nem mesmo a oposição das autoridades civis, ou as críticas das elites locais puderam impedir de realizar aquilo que ele sentia que deveria fazer.

 

Talentoso escritor e pregador, escreveu livros, artigos e discursos para apresentar à sociedade o problema das pessoas com deficiência, os “bons filhos”, como os costumava chamar. Tinha como objetivo promover a sua aceitação como irmãos e irmãs e como bênçãos de Deus. Ele acreditava que suas deficiências não deveriam separá-los de nosso amor e atenção e que algumas coisas poderiam ser feitas para aliviar sua alienação. No ano de 1886 conseguiu inaugurar sua escola para estes “bons filhos”. 

 

O seu trabalho cresceu e se multiplicou entre aqueles jovens que o seguiram em sua missão. Duas congregações vieram a se fundar: a dos Servos da Caridade para os rapazes, e também as irmãs Filhas da Divina Providência para as mulheres.

 

A espiritualidade de Guanella estava centrada em sua confiança serena na amorosa providência de Deus, o Pai. Ele acreditava que “Deus é Amor” e que é um Pai amoroso que ama todos Seus filhos incondicional, infinita e generosamente, e que provê e cuida de todos os Seus filhos, chamando cada um para ser “os instrumentos e as mãos” de Sua amorosa Providência, especialmente para os menores, aqueles do qual era mais necessário se entregar, em suas próprias palavras, “Pão e Senhor”.

 

Ao final de sua vida disse: “Quando meu capitão me chamar, Ele enviará outra pessoa para tomar meu lugar.” Veio a falecer na cidade de Como, no dia 24 de outubro de 1915. E verdadeiramente os seus sucessores, irmãos e irmãs que seguem o seu carisma, continuam a realizar a sua obra até hoje.

 

Foi proclamado bem aventurado pelo papa Paulo VI em 1964, e elevado à glória dos altares pelo Papa Bento XVI, que o proclamou Santo, e o ofereceu ao mundo como “Apóstolo da Caridade”, no dia 23 de outubro de 2011, dia que celebramos sua memória

ORAÇÃO A SÃO LUIS GUANELLA

Senhor Jesus, Tu vieste sobre a terra para oferecer a todos o amor do Pai e para ser sustento e conforto aos pequeninos e sofredores. Agradecemos-te por ter nos dado o teu servo fiel, São Luís Guanella, como sinal do grande amor de Deus.

 

Faz com que o exemplo da sua vida possa resplandecer em todo o mundo para a glória de Deus Pai e para o auxílio do povo cristão.

 

Pela sua intercessão, concede-nos a graça que neste momento te pedimos… e faz com que possamos imitar suas virtudes: a ardente piedade para com a Eucaristia, a confiança serena na providência, a caridade terna para com os mais pobres, a paixão pastoral pelo teu povo, a fim de que, junto com ele, possamos receber o prêmio da alegria que preparaste para nós na casa do Pai.

 

Amém.

PARÓQUIA SANTUÁRIO

NOSSA SENHORA DO TRABALHO

Av. Benno Mentz, 1560, Bairro Vila Ipiranga

Porto Alegre - RS

SECRETARIA PAROQUIAL

Segunda à Sexta,

das 7h50 às 12h e das 13h às 18h30

Sábados,

das 8h40 às 12h e das 13h às 18h30

  • Facebook
  • Instagram - White Circle
arquidiocese_vertical_Branco-01.png
LogoRedeGuanellianaBranco.png

Desenvolvido pela PASCOM