• Santuário Nossa Senhora do Trabalho

Irmã Clara Bosatta: a primeira filha espiritual de São Luís Guanella!

É com alegria que apresentamos neste breve relato, algumas nuances da vida da Bem-aventurada Irmã Clara Bosatta, filha consagrada de Santa Maria da Providência, ramo feminino da Congregação Guanelliana.


Ela nasceu em Pianello Lario, ao sul do Lago de Como, na Itália, em 27 de maio de 1858 e morreu na mesma região em 20 de abril de 1887, com apenas 29 anos, sendo elevada às honras do altar pelo Papa João Paulo II, em 21 de abril de 1991.


Irmã Clara viveu concretamente o carisma Guanelliano e consagrou-se a Deus totalmente de corpo e alma, tornando-se assim, a primeira filha espiritual de São Luís Guanella. Clara estava sempre disponível a todo tipo de trabalho: na cozinha, fazendo limpeza, arrumando o jardim e a horta, costurando e bordando, estudando, lendo e compondo; e atendia a todos (principalmente aos mais necessitados) com alegria. Era uma jovem magrinha e tímida e ao mesmo tempo ardorosa com as coisas espirituais. Sorria sempre, mas também frequentemente inundava os olhos de lágrimas. Tinha profundo espírito de oração. Sua fragilidade física não a abalava. Tinha uma força inexplicável. Uma eleita do Senhor para se tornar uma santa. Seu lema “Tudo por Jesus.”


Por fim, estas palavras de Guanella nos dizem tudo sobre ela: “Foi Providência” para a congregação nascente.


Os membros da Família Guanelliana e também simpatizantes do carisma Guanelliano, a invocam com orações e novenas, para pedir sua intercessão para alcançar graças e bênçãos de Deus. Reze conosco:


Pai providente e misericordioso, que na Bem-aventura Clara, virgem, ardente do vosso espírito de amor, unistes à contemplação do Cristo crucificado o serviço aos pequenos e aos pobres, concedei-nos, por sua intercessão, de amar-vos com plenitude de fé e de servir-vos com laboriosa caridade nos irmãos mais necessitados. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus, e vive e reina convosco, na unidade do Espírito Santo, por todos os séculos dos século. Amém.